Página principal Questões e doenças oculares Doenças oculares de A-Z

Infecções oculares: Tipos, sintomas e tratamento

olho irritado devido a uma infecção

Infecções oculares ocorrem quando microrganismos nocivos — bactérias, fungos e vírus — invadem qualquer parte do globo ocular ou tecidos vizinhos, incluindo a superfície transparente frontal do olho (córnea) e a fina membrana que reveste o exterior do olho e a parte interior das pálpebras (conjuntiva).

Sintomas de infecção ocular

Sintomas comuns de infecções oculares incluem:

Sempre que você suspeitar que está com uma infecção ocular, consulte seu oftalmologista e faça um exame oftalmológico. Tentar se auto-diagnosticar pode atrasar o tratamento eficaz e possivelmente causar perda de visão permanente.

Se você usa lentes de contato, você deve usar apenas óculos até que tenha ido ao oftalmologista ou clínico geral para obter um diagnóstico e tratamento.

Existem muitos tipos de infecções oculares, e seu oftalmologista ou clínico geral precisa determinar o tipo específico de infecção ocular que você tem para prescrever o tratamento adequado.

Seu médico pode coletar uma amostra da área afetada do olho para examinar a cultura e determinar o tipo exato de infecção, se houver. Isso pode ajudar a determinar o tratamento mais eficaz, como um antibiótico que atinge seletivamente o tipo de bactéria que causa a infecção.

Causas e tipos de infecções oculares

Exemplos de infecções oculares virais, fúngicas e bacterianas incluem:

Conjuntivite

Conjuntivite é uma infecção ocular comum e altamente contagiosa que frequentemente se espalha entre crianças em creches, salas de aula e ambientes semelhantes. Professores e cuidadores de creches também correm um risco maior de contrair conjuntivite quando trabalham em espaço reduzido com crianças pequenas.

Tipos de conjuntivite infecciosas comuns frequentemente têm origens virais ou bacterianas. Bebês também podem contrair infecções oculares conjuntivais (conjuntivite gonocócica e por clamídia) durante o nascimento quando a mãe apresenta a doença sexualmente transmissível.

Outras infecções oculares virais (ceratite viral)

Além da conjuntivite comum, outras infecções oculares virais incluem herpes ocular, que ocorre com exposição ao vírus Herpes simplex.

Ceratite fúngica

Esse tipo de infecção ocular foi notícia em todo o mundo em 2006, quando uma solução para lentes de contato, agora retirada do mercado, foi associada a um surto entre usuários de lentes de contato.

A infecção ocular fúngica foi associada ao fungo Fusarium, comumente encontrado em matéria orgânica. Esse e outros fungos podem invadir o olho de outras formas, como através de uma lesão penetrante causada por um galho de árvore.

Ceratite por Acanthamoeba

Usuários de lentes de contato correm um risco maior de encontrar parasitas que podem invadir o olho e causar uma infecção grave que pode afetar a visão, chamada ceratite por Acanthamoeba. Por esse motivo, usuários de lentes de contato devem observar determinadas dicas de segurança, como evitar nadar com lentes de contato.

Se você usa lentes de contato ao nadar ou relaxar em uma banheira, certifique-se de remover e desinfetar suas lentes imediatamente depois.

De fato, há um risco maior de infecções oculares fúngicas e bacterianas entre usuários de lentes de contato em geral, e o cuidado com lentes de contato adequado deve ser seguido.

Tracoma

Uma infecção ocular grave conhecida como tracoma, relacionada a Chlamydia trachomatis, é a principal causa de cegueira em determinadas partes do mundo. A infecção é disseminada por moscas em ambientes insalubres e reinfecção é um problema comum.

Tracoma normalmente contamina a parte interior da pálpebra, que começa a deixar cicatrizes. As cicatrizes então fazem com que a pálpebra se vire para dentro, e os cílios começam a roçar e destruir tecido na córnea, resultando em cegueira permanente. Boa higiene e disponibilidade de tratamentos como antibióticos orais são essenciais para controlar tracoma.

Endoftalmite

Normalmente causada por bactérias, a endoftalmite é uma infecção grave do interior do olho. A causa mais comum da endoftalmite é uma lesão ocular penetrante. Também pode ocorrer como uma complicação rara de cirurgias oftalmológicas, como cirurgia para correção de catarata.

Tratamento médico imediato com antibióticos potentes é necessário para prevenir perda grave de visão ou até cegueira como resultado de endoftalmite.

Complicações de infecção ocular

Uma infecção também pode afetar partes interiores das pálpebras superior e inferior criando um terçol ou calázio. Esfregar ou "estourar" um terçol deve ser evitado, pois isso pode causar uma infecção mais profunda e mais grave, chamada celulite orbital.

A celulite orbital é uma infecção dos tecidos ao redor do globo ocular. É uma emergência médica, pois pode causar cegueira, meningite e até morte se não for tratada imediatamente.

A infecção também pode levar a uma inflamação e bloqueio do sistema de drenagem de lágrimas e causar dacriocistite.

A infecção também pode ser uma causa subjacente de uma úlcera na córnea, que parece um abcesso no olho. Sem tratamento, uma úlcera de córnea pode levar à perda da visão.

Tratamento para infecção ocular

Felizmente, as infecções oculares bacterianas mais comuns podem ser tratadas de forma eficaz com colírios antibióticos com prescrição médica, pomadas e compressas.

Muitas infecções oculares virais comuns se resolvem por conta própria. Em casos de infecções oculares virais graves, um colírio antiviral pode ser receitado. Algumas infecções oculares virais exigem uma administração cuidadosa de colírios de esteroides para reduzir inflamação relacionada.

Dependendo da causa subjacente da infecção ocular, seu médico por receitar antibióticos ou medicamentos antivirais tomados oralmente. Caso seus sintomas piorem ou mudem, entre em contato com seu oftalmologista ou clínico geral imediatamente.

Como prevenir infecções oculares

Expandable

Evite infecções oculares lavando as mãos antes de tocar nos olhos ou nas pálpebras e antes de manusear as lentes de contato.

Se você estiver próximo a uma pessoa com olho vermelho, não toque nos seus próprios olhos até lavar as mãos antes.

Você também pode minimizar a probabilidade de contrair infecções oculares bacterianas ou virais comuns evitando esfregar os olhos, lavando as mãos frequentemente durante o dia (principalmente antes de colocar e retirar as lentes de contato), lavando toalhas e roupas de cama com frequência, e usando produtos de limpeza antibacterianos em superfícies de trabalho e outras áreas comuns.

Find Eye Doctor

Agendar um exame

Encontre Oftalmologista