Olhos azuis: A origem e a genética dos olhos azuis

Mulher de olhos azuis

Entre os seres humanos, olhos azuis são menos comuns que olhos castanhos. Esse é um dos motivos pelos quais as lentes de contato azuis são tão populares.

Aqui estão alguns fatos sobre olhos azuis que você talvez não saiba:

1. Todas as pessoas de olhos azuis podem ter um ancestral comum

Aparentemente, uma mutação genética em um único indivíduo na Europa entre 6.000 e 10.000 anos atrás levou ao desenvolvimento dos olhos azuis, de acordo com pesquisadores da Universidade de Copenhague.

"Originalmente, todos nós tínhamos olhos castanhos", disse Hans Eiberg, professor associado do Departamento de Medicina Celular e Molecular da universidade e principal autor do estudo. "Mas uma mutação genética que afeta o gene OCA2 nos nossos cromossomos resultou na criação de um 'desvio', que literalmente desativou a capacidade de produzir olhos castanhos".

A cor dos olhos depende da quantidade de um único tipo de pigmento (chamado melanina) na íris do olho. Essa mudança genética, localizada no gene próximo ao gene OCA2, limita a produção de melanina na íris — efetivamente "diluindo" os olhos castanhos em azuis.

Além de ter significativamente menos melanina na íris do que pessoas com olhos castanhos, castanho-claros ou verdes, pessoas de olhos azuis têm apenas um pequeno grau de variação em seu código genético para a produção de melanina. Indivíduos com olhos castanhos, por outro lado, apresentam uma variação individual considerável na área de seu DNA que controla a produção de melanina.

"A partir disso, podemos concluir que todos os indivíduos de olhos azuis estão ligados ao mesmo ancestral", disse Eiberg. "Todos eles herdaram o mesmo desvio exatamente no mesmo local em seu DNA".

Então, se os olhos azuis são o resultado de uma mutação genética em um único indivíduo, como a característica se espalhou de apenas uma pessoa para estar presente em 20 a 40% da população de alguns países europeus hoje?

Uma teoria é que os olhos azuis foram imediatamente considerados uma característica atraente, levando as pessoas a procurar parceiros com olhos azuis para ter filhos, permitindo que a mutação genética se multiplicasse.

2. Olhos azuis não têm pigmento azul

Como mencionado acima, a cor azul é determinada por algo chamado melanina. A melanina é um pigmento marrom que controla a cor da nossa pele, olhos e cabelos.

A cor dos nossos olhos depende da quantidade de melanina presente na íris. Existe apenas pigmento marrom no olho — não há pigmento marrom claro, verde ou azul. Os olhos castanhos têm a maior quantidade de melanina na íris, enquanto os olhos azuis têm o mínimo.

3. Não é possível prever a cor dos olhos do seu filho

Ao mesmo tempo, acreditava-se que a cor dos olhos — incluindo olhos azuis — era uma característica genética simples e, portanto, era possível prever a cor dos olhos de uma criança se você conhecesse a cor dos olhos dos pais e, talvez, a cor dos olhos dos avós.

Mas os geneticistas agora sabem que a cor dos olhos é influenciada por até 16 genes diferentes até certo ponto — e não apenas um ou dois genes, como se pensava. Além disso, a estrutura anatômica da íris pode afetar a cor dos olhos até certo ponto.

Portanto, é impossível saber com certeza se seus filhos terão olhos azuis. Mesmo que você e seu parceiro tenham olhos azuis, isso não garante que os olhos do seu filho também sejam azuis.

Aqui está um exemplo real da imprevisibilidade da cor dos olhos: a princesa Charlotte, filha mais nova do príncipe William, da Inglaterra e que tem olhos azuis, e de Kate Middleton, que tem olhos verdes, tem olhos azuis. Mas seu irmão, o Príncipe George, tem olhos bem castanhos.

4. Olhos azuis no nascimento não significa azuis pelo resto da vida

O olho humano não tem toda a sua quantidade adulta de pigmento no nascimento. Por esse motivo, muitos bebês têm olhos azuis, mas a cor dos olhos muda à medida que os olhos se desenvolvem durante a primeira infância e mais melanina é produzida na íris.

Então não se preocupe se seu filho começar a perder aqueles olhos "azul bebê" e os olhos ficarem verdes, castanho-claros ou castanhos à medida que ele envelhece.

5. Riscos associados aos olhos azuis

A melanina na íris do olho parece ajudar a proteger a parte posterior do olho dos danos causados pela radiação UV e pela luz azul-violeta nociva da luz solar e pelas fontes artificiais desses raios.

Como os olhos azuis contêm menos melanina que os olhos verdes, castanho-claros ou castanhos, eles podem ser mais suscetíveis a danos causados por raios UV e luz azul nociva.

Com relação às conexões entre a cor dos olhos e as doenças oculares, uma pesquisa mostrou que a cor mais escura da íris está associada a um risco aumentado de catarata e a um risco reduzido de melanoma uveal ocular (uma forma de câncer ocular), em comparação aos olhos azuis. Mas a mesma análise dos estudos publicados não confirma qualquer associação da cor dos olhos com o aumento do risco de degeneração macular relacionada à idade (DMRI).

Ainda assim, como muitas pessoas de olhos azuis são sensíveis à luz e podem ter mais risco de danificar a retina devido à luz UV, a maioria dos oftalmologistas recomenda que elas sejam mais cautelosas na exposição à luz solar. E como os danos oculares causados pelos raios UV e a luz azul parecem estar relacionados à exposição a esses raios ao longo da vida, recomenda-se que pessoas de olhos azuis usem óculos de sol que bloqueiem 100% dos raios UV e a maior parte da luz azul desde a infância. Da mesma forma que a pele, os olhos também precisam de proteção contra os raios UV.

Lentes fotossensíveis são outra ótima maneira de proteger os olhos azuis da radiação UV. Essas lentes bloqueiam 100% dos raios UV tanto em ambientes internos quanto externos, e escurecem automaticamente em resposta à luz do sol quando você estiver em um ambiente externo, de forma que você não precisa carregar um par de óculos de sol separado sempre.

Além disso, adicionar uma tecnologia antirreflexo às lentes fotossensíveis garantirá uma visão melhor e maior conforto em todas as condições de iluminação (inclusive ao dirigir à noite) enquanto você exibe seus olhos azuis com lentes sem reflexo. A tecnologia AR é recomendada para todos os tipos de lentes de óculos — incluindo simples, bifocais e multifocais ou progressivas — para eliminar reflexos incômodos e permitir que as pessoas vejam a beleza e a expressividade de seus olhos.

Além disso, se você passa várias horas do dia na frente de um computador, usando um smartphone ou outros dispositivos digitais, talvez seja uma boa ideia usar óculos que protejam seus olhos da luz azul-violeta nociva ao usar esses dispositivos.

Pode levar muitos anos até que conheçamos os riscos associados à exposição cumulativa à luz azul de computadores e smartphones, mas muitos profissionais de oftalmologia acreditam que é prudente ter cuidado ao proteger — especialmente se você tiver olhos azuis.

Uma observação final sobre os olhos azuis que talvez você ache interessante: uma pesquisa sugere que ter olhos azuis pode aumentar seu risco de dependência em álcool, se você bebe. Um estudo realizado com americanos de origem europeia de olhos azuis constatou que pessoas com essas características tinham chances 83% mais altas de se tornar dependentes de álcool, em comparação com controles pareados que tinham uma cor mais escura dos olhos.

Find Eye Doctor

Agendar um exame

Encontre Oftalmologista