Página principal Cuidado com a saúde dos olhos O envelhecimento e os olhos

Miopia: causas e sintomas


Um jovem rapaz de óculos recebe ajuda com o dever de casa.

A miopia é a causa mais comum de deficiência visual entre pessoas com idade inferior a 40 anos. Nos últimos anos, sua prevalência tem crescido em um ritmo alarmante.

Globalmente, as pesquisas sugerem que, no ano de 2000, aproximadamente 25% da população mundial era míope; no entanto, até 2050, espera-se que aproximadamente metade das pessoas no planeta seja míope.

Sintomas da miopia

Se você é míope, terá dificuldade em ler placas de trânsito e ver objetos distantes com clareza, mas não terá grande dificuldade em realizar tarefas como ler e usar o computador.

Outros sinais e sintomas da miopia incluem estrabismo, fadiga ocular e dores de cabeça. Sentir-se fatigado ao dirigir ou praticar esportes também pode ser um sintoma de miopia não corrigida.

Se você sentir esses sinais ou sintomas enquanto estiver usando óculos ou lentes de contato, agende um exame oftalmológico com o seu oftalmologista para verificar se você precisa de uma nova receita.

O que causa a miopia?

A miopia ocorre quando o globo ocular é muito longo em relação ao poder de foco da córnea e das lentes dos olhos. Isso faz com que os raios de luz se concentrem em um ponto na frente da retina, em vez de diretamente em sua superfície.

A miopia também pode ser causada quando a córnea e/ou lente é muito curvada para o comprimento do globo ocular. Em alguns casos, a miopia ocorre devido a uma combinação desses fatores.

A miopia geralmente começa na infância, e você pode ter um risco maior se seus pais forem míopes. Na maioria dos casos, a miopia se estabiliza no início da idade adulta, mas às vezes continua progredindo com a idade.

Tratamento da miopia

A miopia pode ser corrigida com óculos, lentes de contato ou cirurgia refrativa.

Dependendo do grau da sua miopia, talvez seja necessário usar óculos ou lentes de contato o tempo todo ou apenas quando você precisar de uma visão de longe muito clara, como ao dirigir, ver um quadro branco ou assistir a um filme.

Boas opções de lentes de óculos para miopia incluem lentes de alto índice (para óculos mais finos e leves) e lentes com tecnologia antirreflexo. Além disso, considere as lentes fotossensíveis para proteger seus olhos dos raios UV, da luz azul-violeta nociva e para proporcionar conforto quando você estiver ao ar livre.

Se você é míope, o primeiro número ("esférico") na receita dos seus óculos ou das suas lentes de contato será precedido pelo sinal de menos (–). Quanto maior o número, maior o seu grau de miopia.

A cirurgia refrativa pode reduzir ou até eliminar a necessidade de usar óculos ou lentes de contato. Os procedimentos mais comuns são realizados com um laser excimer.

  • Na PRK, o laser remove uma camada de tecido da córnea, que nivela a córnea e permite que os raios de luz se concentrem com mais precisão na retina.

  • Na LASIK — o procedimento refrativo mais comum — um fino talho é criado na superfície da córnea, um laser remove algum tecido da córnea e, em seguida, o talho é retornado à sua posição original.

E existe a ortoceratologia, um procedimento não cirúrgico no qual você usa lentes de contato especiais rígidas e gás-permeáveis (RGP ou GP) à noite para remodelar sua córnea enquanto você dorme. Quando você remove as lentes pela manhã, sua córnea retém a nova forma temporariamente, de forma que você é capaz de ver claramente durante o dia, sem necessidade de óculos ou lentes de contato.

A ortoceratologia é um procedimento relacionado com lentes de contato GP, chamado terapia refrativa da córnea (TRC), demonstraram ser eficazes na correção temporária de graus de leves a moderados de miopia. Ambos os procedimentos são boas alternativas à cirurgia para pessoas jovens demais para serem submetidas ao LASIK ou que, por outros motivos, não sejam bons candidatos à cirurgia refrativa.

As lentes implantáveis, conhecidas como LIO fácicas, são outra opção cirúrgica para corrigir a falta de visão, especialmente entre pessoas com altos graus de miopia ou córneas mais finas que o normal, que podem aumentar o risco de complicações decorrentes do LASIK ou de outros procedimentos de correção da visão a laser.

As LIOs fácicas funcionam como lentes de contato, exceto pelo fato de que são colocadas cirurgicamente dentro dos olhos e geralmente são permanentes, o que significa que nenhuma manutenção é necessária. Diferentemente das LIOs usadas na cirurgia de catarata, as LIOs fácicas não substituem a lente natural do olho, que permanece intacta.

Controlando a miopia

Com cada vez mais pessoas ficando míopes, há muito interesse em encontrar maneiras de controlar a progressão da miopia na infância.

Uma série técnicas diferentes foram tentadas — incluindo o uso, por crianças, de lentes bifocais, multifocais e lentes de contato gás-permeáveis. Todas apresentaram resultados mistos.

Estudos clínicos recentes mostraram que colírios com baixa dose de atropina poderiam retardar a progressão da miopia em crianças em idade escolar, com significativamente menos efeitos colaterais quando comparados a concentrações mais altas.

Algumas crianças, no entanto, não respondem bem ao colírio de atropina.

De acordo com um estudo apresentado em 2017 na reunião da Academia Americana de Optometria, o uso de lentes de contato diárias bifocais diminuiu a taxa de progressão da miopia em crianças entre 8 e 12 anos quando comparado ao uso de lentes de contato simples.

Lentes multifocais especialmente projetadas reduziram a progressão da miopia em 59% em um ano, 54% em dois anos e 52 % em três, em comparação com a progressão da miopia experimentada por crianças que usavam lentes de contato convencionais.

"Houve boas correlações entre a mudança no erro de refração e a mudança no crescimento do globo ocular", disse Paul Chamberlain, que apresentou a pesquisa, e é gerente sênior de pesquisa clínica da CooperVision.

Miopia degenerativa

Na maioria dos casos, a miopia é simplesmente um pequeno inconveniente e apresenta pouco ou nenhum risco à saúde dos olhos. Mas às vezes a miopia pode ser tão progressiva e grave que é considerada uma condição degenerativa.

A miopia degenerativa (também chamada de miopia maligna ou patológica) é uma condição relativamente rara que se acredita ser hereditária e geralmente começa na primeira infância. Cerca de 2% dos americanos sofrem de miopia degenerativa, que é uma das principais causas de cegueira legal.

Na miopia maligna, o alongamento do globo ocular pode ocorrer rapidamente, levando a uma progressão rápida e grave da miopia e perda da visão. Pessoas com essa condição têm um risco significativamente aumentado de descolamento de retina e outras alterações degenerativas na parte de traseira do olho (como sangramento nos olhos devido ao crescimento anormal dos vasos sanguíneos).

A miopia degenerativa também pode aumentar o risco de catarata.

Consulte o seu oftalmologista: se você estiver com dificuldade de ver objetos próximos ou se você perceber que está segurando livros (ou o seu smartphone) mais longe para entender melhor as palavras, consulte seu oftalmologista. A miopia pode ser tratada e, em alguns casos, desacelerada em crianças.

Find Eye Doctor

Agendar um exame

Encontre Oftalmologista