Condições Oculares

Tipos de conjuntivite: Bacteriana, viral e outras

Close de um olho com conjuntivite
Advertisement

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva - membrana mucosa transparente que cobre a parte branca do olho - e é uma das principais causas de olho vermelho.

A causa mais comum das conjuntivites é a infecciosa, e elas podem ser causadas por bactérias, vírus e fungos. As causas não infecciosas incluem causas alergicas e tóxicas.

A expressão "olho vermelho " é normalmente usada aqui e nos EUA para se referir à conjuntivite, uma vez que a coloração rosada ou avermelhada da conjuntiva é um dos sintomas mais perceptíveis.

Tipos de conjuntivites

Conjuntivite bacteriana

A conjuntivite bacteriana é um tipo comum, causada por bactérias que infectam o olho através de várias fontes de contaminação. As bactérias podem se espalhar através do contato com um indivíduo infectado ou por exposição a superfícies contaminadas.

Os tipos mais comuns de bactérias que causam conjuntivite bacteriana incluem Staphylococcus aureus, Haemophilus influenzae, Streptococcus pneumoniae e Pseudomonas aeruginosa. A conjuntivite bacteriana geralmente produz uma secreção amarelada e espessa, e pode afetar um ou ambos os olhos.

Assim como em qualquer infecção bacteriana, são necessários antibióticos para eliminar as bactérias. O tratamento da conjuntivite bacteriana normalmente é realizado com colíriose/ou pomadas de antibióticos . O tratamento geralmente leva de uma a duas semanas, dependendo da gravidade da infecção.

Conjuntivite viral 

A conjuntivite viral é outro tipo comum e que é altamente contagiosa, pois os vírus são transmitidos por contato direto, pelo ar e podem se espalhar por meio de espirros e tosse. A conjuntivite viral também pode acompanhar infecções virais comuns do trato respiratório superior, gripe ou resfriado comum e até nas menos comuns como sarampo.

A conjuntivite viral geralmente produz uma secreção mais aquosa. Normalmente, começa em um olho e pode passar rapidamente para o outro.

Ao contrário das infecções bacterianas, os antibióticos não funcionam contra o vírus. Nenhum colírio ou pomada é eficaz contra os vírus comuns que causam este tipo de conjuntivite viral. No entanto, a conjuntivite é autolimitada, o que significa que desaparecerá sozinha após um curto período de tempo, em geral até duas semanas.

No caso da conjuntivite viral, o pior período, é geralmente entre o terceiro e o quinto dia. Depois disso, o quadro começa a melhorar por conta própria.

O tratamento da conjuntivite viral geralmente envolve terapias de apoio, como colírios, que ajudam a reduzir os sintomas: por exemplo, vasoconstritores para clarear os olhos, lubrificantes e anti-histamínicos para reduzir o prurido ocasional.

Os tratamentos normalmente são feitos por uma a duas semanas, dependendo da gravidade da infecção.

Conjuntivite alérgica

Este tipo de conjutivite é muito comum e pode ser desencadeada por alérgenos, como pólen, pêlos de animais, e ácaros (poeira de casa). Normalmente acomete pessoas com pré-disposição a ter alergias e pode acontecer com maior frequência no período da primavera, quando existe mais pólen espalhado pelo ar. Por ter origem alérgica não é uma forma de convjutivite contagiosa.

O sintoma mais comum da conjuntivite alérgica é a coceira e a vermelhidão, podem ser aliviadas com colírios especiais contendo anti-histamínicos para controlar reações alérgicas.

Conjuntivite papilar gigante

Essa conjuntivite geralmente afeta ambos os olhos, principalmente os usuários de lentes de contato, principalmente as gelatinosas. Essa condição pode causar intolerância às lentes de contato, coceira, secreção , lacrimejamento , além de e inchaço e vermelhidao das pálpebras.

Em muitos casos é preciso, além de tratamentos específicos, parar de usar as lentes de contato, pelo menos por um tempo. O seu oftalmologista também pode recomendar que você troque para outro tipo de lente de contato, a fim de reduzir a chance da conjuntivite voltar.

Conjuntivite tóxica (não infecciosa) 

Essa conjuntivite, causada pelo contato dos olhos com substâncias e, geral dispersas no ar ambiente ou pelo contato direto, causa sintomas de olho vermelho e podem se originar de diversas fontes, como fumaça, escapamento de combustível, performes ou determinados produtos químicos.

Algumas formas de conjuntivite também resultam da sensibilidade a determinadas substâncias ingeridas, incluindo ervas como eufrásia e açafrão. Uma reação a conservantes em colírios ou pomadas também pode causar conjuntivite tóxica.

Página atualizada em Dezembro de 2019

Advertisement

Encontre um oftalmologista próximo a você e agende uma consulta