Página principal Questões e doenças oculares Doenças oculares de A-Z

Alergias: Como aliviar a coceira e lacrimejamento dos olhos

 Flor selvagem dente de leão

As alergias oculares são quadros muito comuns e podem causar vermelhidão, coceira e lacrimejamento dos olhos, causadas pelas mesmas substâncias irritantes que causam espirros e coriza entre os que sofrem de alergias sazonais.

Além de apresentar sintomas como espirros, congestão e coriza, a maioria das pessoas alérgicas também podem apresentar uma conjutivite de causa alérgica e cujos sintomas mais comuns são a coceira, lacrimejamento, olhos vermelhos e pálpebras inchadas. Se você acha que tem alergia ocular, aqui estão algumas coisas que você deve saber - incluindo dicas úteis para aliviar a vernelhidão, a coceira e o lacrimejamento dos olhos.

Se você acha que tem alergia ocular, aqui estão algumas coisas que você deve saber — incluindo dicas úteis para aliviar alguns sintomas, tais como vermelhidão, a coceira e o lacrimejamento dos olhos.

O que causa uma alergia ocular

Expandable

Olhos vermelhos, coceira e lacrimejamento são os sinais e sintomas característicos de alergias.

Alérgenos normalmente são substâncias inofensivas que causam problemas para indivíduos predispostos a reações alérgicas. Os alérgenos transportados pelo ar que mais comumente causam alergias oculares são pólen, mofo, poeira e pêlos de animais.

As alergias oculares também podem ser causadas por reações a determinados cosméticos ou colírios, incluindo lágrimas artificiais usadas no tratamento de olho seco. e que contêm conservantes.

Alergias alimentares e reações alérgicas a picadas de abelha ou de outros insetos geralmente não afetam os olhos tão severamente quanto os alérgenos transportados pelo ar, mas podem causar inchaços nas pálpebras.

Alívio para a alergia ocular

Para aliviar uma alergia ocular e seus principais incômodos, como coceira e lacrimejamento dos olhos, você pode adotar algumas abordagens:

Evite os alérgenos

A melhor abordagem para controlar os sintomas de uma alergia ocular é fazer todo o possível para limitar sua exposição a alérgenos comuns aos quais você sabe que é sensível, como poeira e pêlos de animais.

Quando estiver ao ar livre durante a estação das alergias, use óculos de sol fechados para ajudar a proteger os olhos do pólen, e dirija com as janelas fechadas.

Retire as suas lentes de contato

Como a superfície das lentes de contato pode atrair depósitos, principalmente de proteínas e eventualmente alguns alérgenos transportados pelo ar, nos casos em que o quadro de conjutivite alérgica for mais intenso, considere usar óculos em vez de lentes de contato durante esta fase. Ou considere usar lentes de contato diárias, que você descarta após um único uso, evitando, assim, o acúmulo deproteínas, alérgenos e outros resíduos em suas lentes.

Geralmente, se as alergias estiverem incomodando seus olhos, a melhor opção é parar de usar lentes de contato e consultar seu oftalmologista.

Use colírios, sempre com prescrição médica

Mesmo que algumas alergias oculares sejam comuns, consulte seu oftalmologista antes de tomar a iniciativa de usar um colírio que não precise de receita médica. Apesar de existirem alguns medicamentos sem a exigência da prescrição para a compra, é arriscado escolher um medicamento sem ter certeza do quadro clínico.

Os colírios e medicamentos orais usados para aliviar alergias oculares incluem as seguintes categorias:

Anti-histamínicos

Parte da resposta alérgica natural do corpo é a liberação de histamina, uma substância que dilata os vasos sanguíneos e torna suas paredes anormalmente permeáveis.

Os sintomas causados pela histamina incluem coriza, lacrimejamento e coceira nos olhos. Os anti-histamínicos reduzem as reações alérgicas ao bloquear a ligação da histamina às células do corpo que produzem uma resposta alérgica.

Descongestionantes

Os descongestionantes ajudam a diminuir as passagens nasais inchadas para facilitar a respiração. Eles também reduzem o tamanho dos vasos sanguíneos no branco (esclera e conjuntiva) do olho para aliviar a vermelhidão. Existem, ainda, medicamentos combinados que contêm um anti-histamínico e um descongestionante.

Estabilizadores de mastócitos

Esses medicamentos causam alterações nas células que contêm histamina, localizadas nos tecidos do corpo, incluindo a conjuntiva e as pálpebras, que os impedem de liberar histamina e mediadores relacionados de reações alérgicas.

Como pode levar várias semanas até que os estabilizadores de mastócitos comecem a produzir total efeito, esses medicamentos são mais utilizados no início do quadro juntamente com outras drogas de ação mais rápida e em alguns casos até mesmo antes do início da temporada de alergias, como um método de prevenir ou reduzir a gravidade de futuras reações alérgicas (em vez de tratar sintomas alérgicos agudos já existentes).

É uma potencial opção para as alergias sazonais, que acontecem em épocas específicas do ano, como a primavera.

Anti-inflamatórios não esteroides

Também chamados de AINEs, esses colírios podem ser prescritos para diminuir a intensidade de alguns sintomas como o inchaço, a inflamação e outros sintomas associados à conjuntivite alérgica sazonal (também chamada de febre do feno).

Esteroides

Às vezes, colírios de corticosteroides são prescritos para aliviar sintomas agudos da alergia ocular. Porém, possíveis efeitos colaterais do uso prolongado desses medicamentos incluem, glaucomacatarata; portanto, eles geralmente são prescritos apenas para uso a curto prazo e sob supervisão do oftalmologista.

Informe-se sobre a imunoterapia

Se nenhuma das medidas acima for eficaz, pergunte ao seu médico sobre a imunoterapia. Ela é um tratamento no qual um especialista em alergia injeta pequenas quantidades de alérgenos para ajudá-lo a aumentar a imunidade gradualmente e, assim, diminuir as reações alérgicas.


Autoteste da Alergia Ocular

Faça este teste para ver se você pode ter alergias oculares. Consulte sempre um oftalmologista perto de você se você suspeitar que tem algum problema ocular que precise de cuidados.

  • Alergias são comuns na sua família?

  • Seus olhos costumam coçar, principalmente durante a temporada de pólen da primavera?

  • Você já foi diagnosticado com conjuntivite?

  • Você é alérgico a determinados animais, como gatos?

  • Você frequentemente precisa de anti-histamínicos e/ou descongestionantes para controlar espirros, tosse e congestão?

  • Você começa a lacrimejar quando uso determinados cosméticos ou hidratantes, ou quando está próximo de perfumes fortes?

Se você respondeu "sim" à maioria dessas perguntas, é possível que você tenha alergias oculares. Marque uma consulta com um oftalmologista para determinar o melhor curso de ação.


Alergias oculares e lentes de contato

O desconforto da lente de contato é uma reclamação comum durante a temporada de alergias, e leva alguns usuários a questionarem se eles se tornaram alérgicos a lentes de contato.

A questão de ser alérgico a lentes de contato também surge de tempos em tempos quando uma pessoa começa a usar lentes de contato de silicone hidrogel depois de ter usado, com êxito, lentes de contato gelatinosas convencionais (hidrogel), e apresenta sintomas semelhantes a alergias.

Estudos mostram que o culpado por trás de alergias oculares associadas ao desgaste de lentes de contato não é uma reação alérgica à própria lente de contato, mas às substâncias que se acumulam na superfície dela.

No caso da troca das lentes de contatos gelatinosas convencionais por lentes de silicone hidrogel, as características da superfície e químicas do material da lente podem atrair depósitos de lente mais rapidamente do que o material anterior da lente, causando desconforto.

Muitos oftalmologistas acreditam que o melhor tipo de lente de contato gelatinosas para pessoas propensas a alergias oculares são a lentes de contato diárias, que são descartadas após um único uso, o que diminui o acúmulo de alérgenos e outros detritos na superfície da lente.

O silicone hidrogel geralmente é o melhor material para esse tipo de lente, já que, comparado com os materiais das lentes de contato gelatinosas convencionais, ele permite que uma quantidade significativamente maior de oxigênio passe através das lentes.

Find Eye Doctor

Agendar um exame

Encontre Oftalmologista