Página principal Questões e doenças oculares Doenças oculares de A-Z

Espasmos oculares: 8 causas e remédios para espasmos oculares

  1. Sobre
  2. Causas
  3. O que fazer
Mulher esfregando os olhos para lidar com a contração palpebral.

O que é um espasmo ocular?

Espasmo ocular — que na verdade é um espasmo de uma pálpebra — é comum e inofensivo.

A maioria dos espasmos oculares dura apenas alguns minutos, mas às vezes um espasmo de uma pálpebra pode persistir por dias ou mais tempo. Se você tem um espasmo ocular que não desaparece de forma relativamente rápida, consulte um oftalmologista.

O termo médico para espasmos oculares é mioquimia.

Se você sentir que seu espasmo ocular não desaparece, isso pode ser um sinal de um problema neurológico grave que está afetando a pálpebra — como blefaroespasmo ou espasmo hemifacial. Esses problemas relativamente raros são mais óbvios e graves do que o espasmo ocular comum e deve ser avaliado imediatamente por um oftalmologista.

O que causa espasmos oculares?

Gatilhos para espasmos oculares incluem:

  • Estresse

  • Fatiga

  • Cansaço visual

  • Cafeína

  • Álcool

  • Olhos secos

  • Problemas de nutrição

  • Alergias

Se você sente espasmos oculares com frequência, analise atentamente essa lista e veja quais desses possíveis gatilhos podem se aplicar a você. Às vezes, fazer pequenas mudanças em sua dieta e estilo de vida pode reduzir consideravelmente o risco de ter espasmos oculares ou ajudar a fazer um espasmo de uma pálpebra desaparecer.

Causas e soluções para espasmos oculares

1. Estresse

O estresse é provavelmente a causa mais comum de espasmos oculares. Yoga, exercícios de respiração, passar tempo com amigos ou animais e incluir mais tempo de descanso em sua rotina diária são formas de reduzir o estresse que pode estar causando os espasmos em sua pálpebra.

2. Fadiga

Falta de sono, seja devido a estresse ou por outro motivo, pode provocar espasmos oculares. Colocar o sono em dia e ter um horário de sono consistente pode ajudar.

3. Cansaço visual

Cansaço visual — principalmente cansaço visual digital devido ao uso excessivo de computadores, tablets e smartphones — também é uma causa comum de espasmos na pálpebra. 

Siga a "regra 20-20-20" ao usar dispositivos digitais: A cada 20 minutos, desvie o olhar da tela e permita que seus olhos foquem em um objeto distante (no mínimo 6 metros de distância) por 20 segundos ou mais. Isso reduz a o cansaço que pode provocar espasmos oculares.

Além disso, pergunte a seu oftalmologista sobre óculos para uso no computador cujo intuito é aliviar o cansaço visual digital.

4. Cafeína

Cafeína em excesso pode provocar espasmos oculares. Tente diminuir o consumo de café, chá e refrigerantes (ou substitua-os por versões descafeinadas) por uma ou duas semanas e veja se seus espasmos oculares desaparecem.

5. Álcool

Se você sente espasmos oculares depois de beber cerveja, vinho ou bebidas destiladas, tente abster-se por um tempo, pois o consumo de álcool pode causar espasmos das pálpebras.

INFORMAÇÕES RELACIONADAS: Como o álcool afeta sua visão.

6. Olhos secos

Muitos adultos sofrem de olhos secos, principalmente depois dos 50 anos. Olhos secos também são muito comuns entre pessoas que usam computadores, tomam determinados medicamentos (principalmente anti-histamínicos e alguns antidepressivos), usam lentes de contato e consomem cafeína e/ou álcool.

Se você sente um espasmo na pálpebra e seus olhos parecem ásperos ou secos, consulte seu oftalmologista, que irá avaliar se você tem olhos secos. Recuperar a umidade na superfície de seu olho pode interromper os espasmos oculares e diminuir o risco de espasmos no futuro.

7. Problemas de nutrição

Alguns estudos sugerem que a falta de determinados elementos nutricionais, como magnésio, pode provocar espasmos na pálpebra. Apesar de esses estudos não serem conclusivos, isso pode ser outra causa possível de espasmos oculares.

Se você está preocupado porque sua dieta pode não estar fornecendo todos os nutrientes de que você precisa para ter uma visão saudável, discuta com seu oftalmologista antes de comprar suplementos nutricionais vendidos sem receita médica.

8. Alergias

Pessoas com alergias oculares podem ter espasmos, inchaço e lacrimejamento dos olhos.  Esfregar os olhos devido a sintomas de alergia libera histamina nos tecidos da pálpebra e filme lacrimal, o que pode causar espasmos oculares.

Às vezes, colírios comprados sem receita médica, formulados para reduzir sintomas de alergia ,podem ser úteis. No entanto, os anti-histamínicos nesses colírios podem causar o ressecamento dos olhos. A melhor opção é consultar o seu oftalmologista para certificar-se de que você está fazendo a coisa certa caso você sinta sintomas de alergia e espasmos oculares.

Outra forma de interromper espasmos oculares: Botox

Em casos raros, alguns espasmos oculares simplesmente não desaparecem, apesar da aplicação das soluções acima.

Espasmos persistentes nas pálpebras podem ser tratados com injeções de Botox para parar as contrações musculares involuntárias na pálpebra que causam os espasmos.

Quando consultar um oftalmologista

Consulte um oftalmologista imediatamente caso você tenha espasmos oculares persistente, mudanças repentinas na aparência ou movimento de metade de seu rosto (incluindo as pálpebras), ou se as duas pálpebras se fecharem de maneira tão forte que seja impossível abrir seus olhos. Esses podem ser sinais de um problema sério.

Find Eye Doctor

Agendar um exame

Encontre Oftalmologista