Lentes de contato

Como as lentes de contato funcionam?

Mulher, pôr lente contato.
Advertisement

As lentes de contato funcionam para corrigir a visão de forma semelhante aos óculos: elas alteram a direção dos raios de luz para que sejam direcionados para a retina, onde a imagem se forma.

Se você é míope, raios de luz focam cedo demais dentro do seu olho — eles formam um ponto de foco na frente da retina ao invés de diretamente nela. Lentes de contato e óculos corrigem miopia divergindo os raios de luz, o que reduz o poder de foco dos olhos. Isso move esse ponto de foco para trás, até a retina.

Se você é hipermetrope, seu olho não tem poder de foco adequado — raios de luz não conseguem formar um ponto de foco quando chegam na retina. Lentes de contato e óculos corrigem hipermetropia convergindo raios de luz, aumentando o seu poder de foco, movendo-o para a retina.

A capacidade das lentes de contato e lentes de óculos são expressadas em dioptrias (D). Lentes de contato que corrigem miopia começam com um sinal de menos (–), e lentes que corrigem hipermetropia começam com um sinal de mais (+).

Então por que as lentes de contato são tão mais finas do que as lentes dos óculos?

Em grande parte, isso se deve ao fato que as lentes de contato são colocadas diretamente nos olhos, ao invés da distância de aproximadamente 12 milímetros da superfície do olho (posicionamento típico das lentes dos óculos).

Devido à sua proximidade em relação ao olho, a zona óptica das lentes de contato (a parte central das lentes que contêm a capacidade corretiva) podem ser bem menores do que a zona óptica das lentes de óculos.

Na verdade, a zona óptica das lentes dos óculos compreende toda a superfície da lente. A zona óptica das lentes de contato é apenas uma parte da lente, que é cercada por curvas periféricas de ajuste que não afetam a visão.

É como olhar por uma pequena janela em sua casa: se você estiver bem perto da janela, você terá uma visão ampla e não limitada do exterior. Mas se você estiver do outro lado do cômodo, sua visão de fora será muito limitada — a menos que a janela seja muito maior.

Devido ao fato que as lentes são colocadas diretamente na córnea, sua zona óptica precisa apenas ser aproximadamente do mesmo diâmetro da pupila em condições de pouca luz (cerca de 9 mm). Em comparação, a fim de fornecer um campo de visão adequado, a maioria das lentes de óculos possuem mais de 46 mm de diâmetro. O tamanho maior faz com que as lentes dos óculos sejam muito mais espessas do que as lentes de contato.

Além disso, lentes de óculos devem ser feitas muito mais espessas do que lentes de contato para impedir que quebrem com impacto. Lentes para miopia em óculos devem ter uma espessura central de 1,0 mm ou mais para atender às diretrizes de resistência a impacto.

Lentes de contato podem ser bem mais finas. Na verdade, a maioria das lentes de contato gelatinosas para miopia têm uma espessura central de menos de 0,1 mm.

Assim, é a combinação das diferenças significativas na posição de uso, diâmetro da zona óptica e espessura mínima para assegurar a integridade estrutural que faz com que as lentes de contato sejam muito mais finas que as lentes dos óculos com a mesma capacidade óptica.

Página atualizada em outubro de 2019

Advertisement

Encontre um oftalmologista próximo a você e agende uma consulta